Sexta-feira, 19 de Julho de 2024, 11:14h

Aulão do Crefito14 colabora para aprovação de fisioterapeutas no concurso da Prefeitura de Teresina

Publicado em: Terça-feira, 12 de Julho de 2016, 18:48h - Por: Redação

Foram duas edições e o suficiente para que o Aulão do Crefito14, organizado pela Comissão de Educação do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Piauí (Crefito14), contribuísse para a aprovação das fisioterapeutas Poliana Gomes e Auriane Coutinho.

As duas profissionais disputaram uma vaga no concurso público promovido Fundação Hospitalar de Teresina (FHT). A lista de aprovados foi divulgada no final do mês de junho.

Poliana Gomes, atualmente, é fisioterapeuta na cidade de Floriano, no Sul do Piauí. “Os dois Aulões do Crefito14 foram uma iniciativa muito positiva. Dois finais de semana, em que só era preciso levar um quilo de alimento para ajudarmos instituições filantrópicas de Teresina. Essa é a demonstração que o Conselho realmente tem interesse na formação de qualidade dos fisioterapeutas e em contribuir com a população teresinense. As revisões foram muito importantes para meu sucesso no concurso da FHT’, afirma.

Já Auriane Coutinho é fisioterapeuta no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), em Teresina. “Iniciativas como o Aulão, além de contribuir com mais conhecimento para nós, fisioterapeutas, também é uma oportunidade de estar mais perto das ações do Conselho. Os conteúdos tratados nas duas edições do Aulão e a qualidade dos professores que ministraram as aulas foram importantes para o resultado obtido no concurso da FHT. Fez diferença participar do Aulão do Crefito14”, pontua.

No Aulão foram apresentados os principais detalhes sobre a legislação do Sistema Único de Saúde (SUS) e conhecimentos específicos em fisioterapia como, por exemplo, a promoção e a prevenção em saúde e os protocolos para o tratamento e a reabilitação.

Os encontros foram realizados no auditório da Facime/UESPI, parceira do Crefito14. Com os Aulões foram arrecadados 300 kg de alimentos não perecíveis que foram doados para instituições beneficentes.

Marcelino Martins, presidente do Crefito14, destaca que ações como o Aulão deverão ser contínuas. “É uma forma de aplicar o valor da anuidade paga por cada profissional. Ao longo do ano, iremos oferecer outras atividades voltadas para os terapeutas ocupacionais e para os fisioterapeutas”, conclui.

Kelson Gomes, coordenador da Comissão de Educação do Crefito14, destaca que a proposta do Aulão foi alcançada. “Nas duas edições tivemos um grande número de fisioterapeutas. Com os resultados das colegas fisioterapeutas Auriane e Poliana, tivemos a confirmação de ter contribuído com a preparação dos candidatos para o concurso. Essa é uma das maneiras que o Conselho pensou para dar retorno aos profissionais que constroem, com a anuidade, uma entidade de classe forte e representativa”, comenta.