Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 00:24h

A Terapia de Integração Sensorial (TIS) e o Terapeuta Ocupacional

Publicado em: Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 12:59h - Por: Redação

A Terapia de Integração Sensorial (TIS) é uma abordagem terapêutica utilizada principalmente para ajudar crianças que apresentam dificuldades no processamento e integração das informações sensoriais.

Integração sensorial refere-se à capacidade do sistema nervoso central de organizar e interpretar estímulos sensoriais recebidos pelos sentidos do corpo, como visão, audição, tato, olfato, paladar, propriocepção (sensação de posição e movimento do corpo) e o sistema vestibular (equilíbrio e movimento). Quando o cérebro interpreta essas informações de forma correta, a pessoa pode responder de maneira adequada e funcional ao ambiente.

No entanto, algumas crianças têm dificuldade em processar essas informações, resultando em respostas inadequadas ou ineficazes, o que pode afetar o desempenho escolar, a socialização e as atividades diárias. A TIS é geralmente indicada para crianças que apresentam Transtorno do Processamento Sensorial (TPS) ou outras condições, como Transtorno do Espectro Autista (TEA), Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), dificuldades de aprendizagem e atrasos no desenvolvimento motor.

O CREFITO-14 destaca que o terapeuta ocupacional é o profissional habilitado para avaliar e aplicar essa técnica.
 

 

Ascom CREFITO-14