segunda-feira , 15 julho 2019 - 22:54
Home / Noticias / Crefito 14 identifica precariedades em Centros de Atenção Psicossocial de Parnaíba e Luís Correia

Crefito 14 identifica precariedades em Centros de Atenção Psicossocial de Parnaíba e Luís Correia

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 14ª Região (Crefito 14/Piauí) esteve nos municípios de Parnaíba e Luís Correia para visitar as unidades de saúde públicas e particulares com atendimento em Terapia Ocupacional e Fisioterapia.

A ação, que iniciou nessa quarta-feira (6) e continuou nesta quinta-feira (7), foi conduzida pela agente fiscal Grazielle Alapenha, com a participação do diretor-administrativo do Crefito 14, Anderson Freitas.

Precariedades nos Centros de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPS-AD) foram constatadas e notificadas na região. Também irregularidades em clínicas particulares de estética e terapias, assim como na Clínica de Reabilitação e Habilitação, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Luís Correia.

A fiscal do Crefito 14, Grazielle Alapenha, identificou falhas graves no CAPS AD III de Parnaíba. “Identificamos o funcionamento do local com horários limitados para os profissionais e usuários, desorganização do setor, falta de estrutura nos espaços físicos, sem equipamentos e suportes adequados para atendimentos de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais”, diz.

No Centro de Reabilitação da APAE de Luís Correia há profissionais terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas, mas o Crefito 14 encontrou irregularidades no espaço físico, necessitando de organização e adequações estruturais e melhorias na manutenção de equipamentos da Terapia Ocupacional.

Para o coordenador e presidente interino do Crefito 14, o Willen Heil Silva, “as atividades de fiscalização fazem parte das principais ações do nosso Conselho para melhorar a qualidade nos serviços e atendimentos realizados pelos profissionais terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas. Verificamos se os locais estão seguindo as normas de saúde e higienização e, se for o caso, notificamos as instituições e órgãos da Saúde do Piauí para regularizar os serviços”, frisa.

O Conselho continuou os trabalhos de fiscalização, nessa quinta-feira (7), no município de Buriti dos Lopes, no Centro Municipal de Fisioterapia e no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS I), onde há atendimento de Terapia Ocupacional para pacientes infantis e adultos.

Veja Também

CREFITO 14 fecha novos convênios com restaurante e resort

Boas novas para os fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais inscritos no Crefito 14. O conselheiro Thiago …

CREFITO 14 FIRMA PARCERIAS QUE BENEFICIAM FISIOTERAPEUTAS E TERAPEUTAS OCUPACIONAIS

O compromisso com a categoria, gerando qualidade de vida, desenvolvimento social e evolução das boas …